Afinal, o repotenciamento de motores é vantajoso?

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O repotenciamento de motores é um recurso eficiente que resulta em muitas vantagens para seu veículo ou equipamento.  

Quem quer um motor possante por mais tempo, seja em um veículo, um barco, um gerador ou outro equipamento, vai gostar de ler o nosso artigo e aprender um pouco mais sobre o assunto. 

 

O que é repotenciamento de motores

Começamos dizendo o que não é. Repotenciamento de motores não é recondicionamento e nem retífica. Uma das técnicas consiste em mudar os parâmetros de fábrica, com o objetivo de aperfeiçoar os mapas de injeção e o ponto de ignição, incrementando a configuração do software padrão, para ganhar potência e torque. 

Sabia que os motores podem sair da montadora com até 45% a menos de sua capacidade total? Existem alguns motivos para o fabricante fazer isso, como por exemplo:

  • Precaução quanto ao uso inadequado do motor ainda no período de garantia.
  • Redução dos impostos, que são calculados sobre a potência, para aumentar a competitividade comercial do produto. 

Então, um motor que sai da fábrica pode ser reconfigurado para alcançar sua potência máxima. É como extrair do motor o melhor que ele pode dar. 

Os benefícios do repotenciamento

Como dissemos, o repotenciamento visa melhorar a performance e a economia do motor, além de reduzir a emissão de poluentes. Na prática, isso significa:

  • mais torque;
  • direção mais suave;
  • arranque mais rápido;
  • redução de consumo;
  • mais força nos aclives;
  • maior alívio para o motor;
  • marchas mais sustentáveis;
  • ultrapassagens mais seguras;
  • maior conforto nas manobras;
  • menor desgaste para as peças;
  • mais valorização para o veículo;
  • redução dos impactos ambientais; 
  • maior prazer em dirigir o possante etc.

O retrofit dos ônibus londrinos

Outro modo de fazer o repotenciamento de um veículo ou da frota inteira, também chamada de retrofit, é a substituição de um motor de modelo antigo por outro mais moderno e da mesma marca. 

Em Londres, na Inglaterra, um projeto de repotenciamento conduzido pela Cummins mantém os antigos e tradicionais ônibus vermelhos de dois andares em circulação, prolongando sua vida útil em cerca de oito anos. O projeto consiste em atualizar o motor Euro IV, da frota mais antiga, ao migrar para a tecnologia Euro VI, que reduz as emissões de partículas em até 90%, contribuindo para a melhoria da qualidade do ar.

Um sistema stop/start também permite a paragem automática do motor durante o embarque e desembarque, reduzindo o consumo de combustível dos clássicos ônibus londrinos em até 8%, em 16 horas de funcionamento. 

Assim, o repotenciamento da Cummins para os ônibus londrinos coloca a frota em conformidade para trafegar na Ultra Less Emission Zone (ULEZ), a Zona de Ultra Baixa Emissão que vigora no hipercentro de Londres.

 

O repotenciamento com troca de marca

Uma boa opção para repotenciamento é a troca de um motor de marca comum por um motor Cummins, uma marca sólida e consagrada no mercado, e assim obter mais eficiência. A DCML, representante brasileira dos motores Cummins, também usa o termo inglês repower para se referir a esse processo. 

Aqui, não se trata de alterar a configuração padrão do motor original, como mencionamos no início do artigo e sim da troca por uma marca mais confiável. Os profissionais especializados da DCML estão qualificados para executar o trabalho com precisão. 

 

Então, agora que leu nosso artigo, você sabe que é possível ter um veículo ou equipamento mais eficiente, por meio do repotenciamento. Os profissionais da DCML estão prontos para dar informações sobre a melhor técnica e para executar o serviço com profissionalismo. 

 

Faça contato conosco! 

Mais para explorar