Você já parou para pensar em como a energia elétrica é produzida?

Você já parou para pensar em como a energia elétrica é produzida?

Sabemos que a eletricidade chega em nossas casas através das companhias energéticas. Ligar a televisão e acender uma lâmpada são atividades presentes no cotidiano de qualquer indivíduo. Porém, nem todo mundo sabe como realmente acontece o processo de geração de energia elétrica.

Se hoje o acesso à rede elétrica acontece de forma fácil e simples, diversas experiências com a eletricidade e suas possibilidades de reprodução foram realizadas, até chegarmos ao atual processo de geração de energia elétrica utilizado nas usinas e empresas do setor energético.

Quer entender como funciona a geração de energia elétrica? Continue a leitura e saiba como a eletricidade é produzida e descubra as principais fontes utilizadas.

Conheça mais sobre o processo de geração de energia!

Os primeiros registros de geração de energia elétrica surgiram no século XIX com a descoberta da indução eletromagnética pelo físico britânico Michael Faraday.

O “Gerador de Faraday” tinha em sua estrutura um disco de cobre que, ao girar no campo magnético, formado por pólos de ímãs de ferradura, produzia energia contínua. Faraday percebeu então que era possível transformar a energia mecânica em eletricidade.

Essa descoberta é considerada um dos grandes avanços tecnológicos da história da humanidade, e foi fundamental para a criação dos primeiros geradores de energia elétrica. Esse sistema de geração de energia elétrica foi aperfeiçoado ao longo dos anos até ser utilizado como a principal fonte de suprimento de eletricidade, como em fábricas e iluminação pública.

Em 1875, foi instalado um gerador de energia elétrica na estação de trem Gare du Nord, em Paris, para ligar as lâmpadas localizadas no arco da estação.

Em 1886, foi instalada a primeira usina hidrelétrica, localizada nas Cataratas do Niágara, na América do Norte, onde o processo de geração de energia era feito pela indução eletromagnética.

Diante de um possível esgotamento energético aliado a preocupação com o meio ambiente e aumento das tarifas de energia, com o passar dos anos foram descobertas outras fontes alternativas na geração de energia elétrica.

Hoje, a geração de energia elétrica pode ser de origem renovável e não-renovável. Vejamos abaixo cada uma delas de forma mais detalhada:

Fontes renováveis

As fontes renováveis são aquelas com capacidade inesgotável de renovação e são encontradas facilmente na natureza. As principais são:

  • Água: A energia é movida pelo fluxo das águas que movimenta as turbinas das hidrelétricas, possibilitando a conversão de energia mecânica em elétrica.
  • Ventos: O ar em movimento é convertido em energia cinética e, posteriormente, em eletricidade a partir da movimentação das turbinas instaladas em locais onde há ventos predominantes.
  • Sol:  A luz do sol é captada por placas ou painéis solares fotovoltaicos para então ser transformada em eletricidade;
  • Biomassa: São restos de matéria orgânica (bagaço de cana-de-açúcar, madeira, etanol e etc), que, ao serem queimados, torna-se combustível para acionar os geradores elétricos;
  • Maremotriz: Esse fenômeno acontece por meio dos movimentos das marés (energia cinética) ou pela diferença de altura entre as marés alta e baixa (energia potencial)
  • Geotérmica: A energia elétrica é transformada através da energia térmica (calor) localizada no interior da crosta terrestre. Para extrair o calor, o solo é perfurado em locais onde há grande quantidade de vapor e água quente, que serão drenados até a superfície por tubulações.

Fontes não-renováveis

São as fontes que utilizam recursos naturais esgotáveis, seja no período de curto a longo prazo. Geralmente, essas fontes são utilizadas em usinas termoelétricas, que produzem energia através da combustão destes materiais. As principais são:

  • Petróleo
  • Carvão mineral
  • Gás natural

A energia nuclear também é uma fonte não-renovável. Aqui, a energia é produzida a partir da geração de calor oriunda da separação (fissão) do urânio dentro dos reatores. Essa fissão gera calor, aquece a água e a transforma em vapor, que posteriormente vai acionar as turbinas ligadas a geradores de corrente elétrica.

As usinas nucleares são adotadas principalmente por países desenvolvidos que não possuem fontes alternativas, como petróleo e carvão, para produzir energia elétrica.

E como são os geradores de energia hoje?

Os grupos geradores são equipamentos de alta performance que transformam energia elétrica em mecânica. É utilizado, principalmente, no abastecimento de energia durante apagões, complementar a distribuição de energia em lugares onde há insuficiência energética e contribui na redução nos gastos com energia elétrica em horários de pico de consumo.

A força mecânica fornecida no gerador transforma-se em energia elétrica através da indução eletromagnética, responsável pelo funcionamento dos motores elétricos. Os geradores podem ser:

  • Corrente contínua
  • Indução
  • Síncrono

Os geradores mais utilizados são aqueles  que produzem energia elétrica através da combustível, como a gasolina e a diesel.

Geradores a gasolina

É recomendado para uso doméstico ou esporádicos. Ideal para comércios e eventos de pequeno porte, este gerador queima combustível mais rápido do que o gerador a diesel. Por isso, o serviço de manutenção são feitos em períodos mais curtos e tem custo-benefício inferior ao do tipo a diesel.

Geradores a diesel

São indicados para locais onde há alta demanda energética devido a sua rentabilidade, como indústrias, hotéis, construção civil e eventos de grande porte. São mais potentes e com custo de manutenção mais barata do que o gerador a gasolina.

Independente da forma com a energia elétrica será gerada, uma coisa é certa: é impossível imaginar viver em um mundo sem tal recurso. E para garantir que a energia gerada será de qualidade, fazer o dimensionamento de geradores é essencial.

Esse processo vai ajudar a escolher o gerador ideal de acordo com a demanda energética necessária, além de garantir a durabilidade dos equipamentos conectados à ele. Quer saber mais sobre como fazer o dimensionamento de geradores de energia elétrica corretamente? Leia agora mesmo o artigo especial sobre o tema!.

Compartilhar este post

Fique por dentro das nossas novidades. Assine nossa newsletter.