Mineração sustentável: investimento na saúde do planeta

Mineração sustentável: investimento na saúde do planeta

A mineração é uma das mais importantes atividades econômicas relacionadas ao desenvolvimento e ao progresso de uma sociedade. Podemos dizer que nosso futuro, com certeza, depende dela!

O que é e qual a importância da mineração?

mineração consiste na pesquisa, exploração, extração e beneficiamento de minérios presentes no subsolo, sendo uma das grandes responsáveis pela atual configuração da sociedade em que vivemos, visto que diversos produtos e recursos utilizados por nós, são provenientes dessa atividade.

Podemos citar como exemplos, computadores, cosméticos, estradas, estruturas metálicas, entre outros, que têm gerado grande demanda em função do aumento da população e da aceleração da economia mundial.

É responsável por cerca de 5% do PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil e seu produto equivale a um quinto de tudo que é exportado pelo país, além de empregar direta e indiretamente, milhões de pessoas. Mas a extração de minerais provoca um enorme impacto ambiental, tornando-se um risco para a sustentabilidade.

Afinal, a mineração é “mocinha” ou “bandida”?

 A mineração, além de gerar empregos e alavancar o progresso, também salva vidas, como quando resulta na produção de um equipamento hospitalar em larga escala, que necessita de uma quantidade significativa de minério de ferro.

Seguindo a mesma linha de raciocínio, sabemos que ela causa vários impactos negativos no meio ambiente e cria situações de risco intenso, como na construção de barragens de rejeitos com vários níveis de altura.

Mas como chegar a um equilíbrio, fazendo com que a mineração ora “mocinha”, ora “bandida” se converta em mineração sustentável?

Mas, o que vem a ser a mineração sustentável?

O termo sustentabilidade passou a ser utilizado em nosso cotidiano, inserindo o meio ambiente no quadro de direitos fundamentais, tendo como objetivo a preservação do planeta e atendimento das necessidades humanas, ou seja, “o desenvolvimento que satisfaz as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazerem suas próprias necessidades“.

Dessa forma, as mineradoras devem desprender esforços para reduzir os problemas ambientais, proteger as comunidades locais e melhorar as práticas de mineração em toda a cadeia de valor de processamento de minerais e durante toda a vida útil da mina.

Como praticar a mineração sustentável?

Para viabilizar o conceito de sustentabilidade e praticar uma mineração em que a consciência ambiental e a produtividade caminhem de mãos dadas, diversas empresas do setor estão adotando medidas baseadas no respeito aos aspectos ambientais, sociais e econômicos, como o reaproveitamento de rejeitos de minério para a fabricação de tijolos, asfalto, pavimentação de vias, telhas, ladrilhos hidráulicos, tintas, compensados plásticos, ligas de alumínio, dentre outros produtos.

Segundo especialistas, a possibilidade de reaproveitamento dos resíduos é real, o desafio está em como fazer isso em escala industrial, para que seja economicamente viável.

“Somos consumidores potenciais desse resíduo. O preço, condições de transporte, custo da execução e questões relativas ao licenciamento ambiental serão determinantes para isso”, afirmou José Flávio Nascimento, do Departamento de Estrada e Rodagens (DER)

Para se praticar a mineração sustentável, é preciso que as mineradoras e empresas ligadas a essas atividades estejam atentas a:

  • Capacitações para o uso de máquinas e equipamentos
  • Fornecimento de EPIs
  • Realização de vistorias periódicas nas áreas operacionais
  • Criação ou manutenção de comitês conjuntos de saúde e segurança.
  • Diminuição do passivo ambiental
  • Aumento da implantação e certificação de sistemas de gestão;
  • Controle ambiental
  • Políticas de gestão ambiental
  • Sustentabilidade ambiental

Empresas mineradoras voltadas ao bem-estar do planeta, criando projetos  focados na redução e transformação de resíduos minerais em produtos, por certo farão valer o conceito de mineração sustentável, tornando-o tangível e palpável.

E aí, vamos batalhar por um mundo onde a natureza possa viver em harmonia com o desenvolvimento? Compartilhe esse post em suas redes sociais.

Compartilhar este post

Fique por dentro das nossas novidades. Assine nossa newsletter.