O Agro move o Brasil

O Agro move o Brasil

O Agro move o mundo

História do agro

 

A agricultura pode ser relacionada como cultivo da terra, ou criação de animais e plantas para criar alimentos e outros produtos.

 

A primeira atividade agrícola data de 105.000 anos atrás, quando o homem primitivo coletava grãos silvestres.

 

As safras foram plantadas pela primeira vez há aproximadamente 11.500 anos, e os humanos começaram a domesticar animais como porcos, ovelhas e gado há 10.000 anos.

 

Hoje, o escopo e a profundidade da agricultura se expandiram muito e estão presentes em muitas facetas da vida diária da maioria das pessoas.

 

A agricultura de agora, inclui serviços de alimentação, fabricação de bebidas e tabaco, silvicultura, pesca, dentre outros inúmeros mercados relacionados, tornando-se uma das maiores indústrias do Brasil e do mundo.

 

Impulsionamento econômico

 

Com um importante crescimento de 3,81%, o PIB relatado fechou em R$ 322 bilhões em 2019.

 

Após dois anos sucessivos de resultados pouco favoráveis ao setor, que vinha sofrendo com preços relativos cada vez menores, esse desempenho representou 21,4% do PIB brasileiro total.

 

O grande destaque foi para o ramo pecuário, que cresceu expressivos 23,71%.

 

Embora, em geral, a demanda interna não tenha atendido às expectativas dos agentes de mercado, tendo ficado enfraquecida em grande parte do ano, o bom desempenho das exportações de carnes foi um dos principais fatores a assegurar o excelente resultado do PIB no ramo.

 

Estilos de Agricultura

 

A Agricultura de Subsistência e a Agricultura Industrializada são os dois estilos de agricultura empregados nas fazendas hoje.

 

As fazendas de subsistência são geralmente menores e as safras são usadas ou consumidas pelo agricultor.

 

As fazendas de subsistência podem ser multifuncionais, incluindo o cultivo de grãos para alimentar o gado. Enfim, tudo o que não for consumido ou usado pode ser vendido e o dinheiro ganho com as vendas é então usado novamente nas operações agrícolas e familiares.

 

Agricultura Industrializada é quando grandes quantidades de safras e / ou gado são produzidas exclusivamente para fins comerciais.

 

Grandes máquinas e automação substituem animais e mão de obra para completar o trabalho. O objetivo principal desse tipo de fazenda é aumentar a produtividade das plantações para alimentar as massas e o produto pode ser enviado para todo o mundo.

 

Importância de uma fonte de energia confiável

 

Muitas fazendas e instalações de fabricação e distribuição de alimentos estão localizadas em áreas remotas e os cortes de energia elétrica podem durar mais nessas áreas.

 

Qualquer tipo de corte de energia, não importa o quão curto seja, pode colocar plantações e animais em risco.

 

Sem uma fonte estável de energia, o setor agrícola não funcionaria de forma eficiente ou confiável – para não mencionar o impacto econômico desastroso para uma fazenda que perde energia por um período significativo de tempo.

 

Todas as fazendas e todas as outras afiliadas do setor agrícola precisam de uma fonte confiável de energia de reserva instalada para que interrupções de energia não causem consequências catastróficas.

 

Geradores a diesel

 

Geradores a diesel confiáveis ​​são vitais para o sucesso do setor agrícola.

 

Quando há interrupções de energia, especialmente em áreas rurais onde muitas fazendas estão localizadas, a restauração da energia pode ser prolongada.

 

A energia de reserva na forma de um grupo gerador a diesel é necessária para manter a indústria agrícola funcionando sem problemas, com segurança e eficiência.

 

Curtiu este artigo? Compartilhe em suas redes e para mais informações sobre grupo de geradores, entre em contato conosco.

Compartilhar este post

Fique por dentro das nossas novidades. Assine nossa newsletter.