Gerador carenado ou silenciado: quais as principais diferenças?

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

É cada vez mais requisitada a presença do gerador de energia em qualquer estabelecimento. Ter a própria fonte de energia reduz prejuízos maiores causados por eventual queda na transmissão da rede local, como queda na produção, interrupção das atividades rotineiras, além de atrasos e perda de produtividade.

Dependendo de como ele será aplicado, é importante observar se a sua estrutura é, de fato, a mais adequada para o espaço em que será colocado. Independente dos casos,  tanto o gerador carenado como o silenciado produzem energia com a mesma eficiência.

Para te ajudar a entender e decidir qual investir, no artigo de hoje, vamos mostrar para você as características entre o gerador carenado e silenciado e quais situações cada modelo é mais adequado.

Entenda as diferenças entre o gerador de energia carenado e silenciado!

Gerador carenado

O gerador carenado possui estrutura metálica revestindo toda a parte interna do equipamento. Serve para acondicionar o grupo motor gerador, conhecido como GMG.

A carenagem protege o equipamento da exposição a luz do sol, ventos, chuvas e outros agentes externos. Além disso, ajuda a abafar o ruído vindo do motor (insonorização). Pode ser adquirido por qualquer tipo de estabelecimento, principalmente quando não há espaço suficiente para instalação na parte interna.

O gerador carenado é modelo que costumamos ver instalados na parte externa do estabelecimento. A manutenção deste equipamento é facilitada graças à presença das portas laterais que dá acesso ao seu interior.

Gerador silenciado

Este modelo possui espuma termoacustica em toda a parte interna da estrutura carenada, incluindo as portas e paredes, cujo objetivo também é reduzir os ruídos produzidos pelo motor do equipamento.

O gerador silenciado é indicado para fornecer energia elétrica em hospitais, escolas, supermercados, hotéis, aeroportos e outros espaços que atendam ao limite acústico geralmente exigido nestes casos, que não atrapalhem o sossego de quem passar por ali.

Existe também o gerador super-silenciado, que possuem silenciador nas aberturas e entradas de saída de ar, além de um tipo de revestimento interno específico no teto da carenagem.

Sendo assim, todo gerador silenciado é carenado, mas nem sempre o contrário acontece. Para identificar, basta observar se o modelo em questão possui manta termoacustica.

Tanto o gerador carenado como o silenciado são ótimos investimentos para qualquer empresa. São equipamentos versáteis e que oferecem o máximo de qualidade no fornecimento de energia.

Se você está pensando em adquirir um grupo gerador de energia, mas ainda tem dúvidas quanto ao combustível, potência e modelo ideal, temos uma dica especial para você: é o ebook sobre Como escolher o melhor gerador de energia para seu negócio!

Baixe agora e tenha acesso a dicas simples e eficientes que vão te ajudar a investir no melhor equipamento para a necessidade da sua empresa.

Mais para explorar