Grupo Gerador de Energia: o que é e como escolher o ideal?

grupo gerador

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Ter energia elétrica sempre à disposição é uma das principais razões pela qual é requisitada a presença de um grupo gerador. Independente do tipo de comércio ou situação, o gerador, que pode ser de grande ou médio porte, é a garantia de que todas as operações seguirão em pleno funcionamento, sem interrupção.

A procura cada vez mais comum por um grupo gerador é também reflexo das constantes falhas no sistema de geração de energia elétrica no Brasil, oriundo da falta de chuvas regulares durante o ano que movimentam as hidrelétricas, nossa principal fonte de geração de energia.

Diante disso, sabendo que a energia elétrica é essencial em nossas atividades cotidianas, é preciso investir em outras alternativas práticas para evitar maiores prejuízos no futuro com a falta desse recurso.

No texto de hoje, vamos falar sobre o grupo gerador e suas principais formas de operações, além de mostrar para você o que é preciso ter em mente na hora de adquirir o modelo correto de gerador.

O que é um grupo gerador?

Um grupo gerador é o equipamento de alta performance com capacidade de transformar energia mecânica em energia elétrica através do fenômeno da combustão. Sua principal função é ser a reserva energética ideal que, posteriormente, será aplicada para reestabelecer ou complementar o fornecimento de energia.

Quando ativado, consegue produzir energia suficiente para que os níveis de potência energética das máquinas e ferramentas à ele conectados estejam igualados, garantindo assim uma maior durabilidade e bom desempenho.

Estrutura do grupo gerador de energia

À primeira vista, a estrutura de um grupo gerador pode parecer um tanto complexa, porém, seu esquema de funcionamento é muito simples.

Os principais elementos que compõem um grupo gerador são:

  • tanque de combustível;
  • chassi (estrutura em aço que possui depósito para armazenamento de combustível);
  • painel de controle, silenciador (acessório ideal para geradores armazenados em locais com grande circulação de pessoas);
  • quadro de transferência de cargas (alternar as fontes de energias entre auxiliar e principal);
  • motor (potencializam a produtividade e performance do gerador);
  • alternador (sua escolha depende de qual trabalho o gerador será utilizado), bateria e kit de fichas.

Para que a força mecânica consiga se transformar em eletricidade, na parte interna do grupo gerador ocorre a indução eletromagnética, reação química que corresponde ao condutor em movimento no campo magnético do gerador.

Ainda na estrutura, há um componente chamado dínamo, cujo eixo de rotação acompanha a intensidade de movimento do campo magnético gerado por um imã.

Todo esse processo induz a tensão elétrica nos terminais de enrolamentos conectados à carga, gerando assim a circulação de correntes elétricas.

E para que serve o grupo gerador de energia?

Os geradores de energia podem ser utilizados para:

  • Atuar como fonte alternativa no fornecimento de energia (residências);
  • Operar em situações emergenciais como queda de energia;
  • Complementar a distribuição de energia local, sobretudo em regiões que sofrem com oscilações de energia constante, pois essas variações podem acabar prejudicando a estrutura e a performance dos equipamentos;
  • Garantir a segurança no fornecimento de energia sem interrupções, como aeroportos, hospitais, restaurantes, hotéis, indústrias, mineração e construção civil.

E para escolher o grupo gerador ideal, existem alguns elementos fundamentais para serem analisados. Listamos abaixo as principais informações que você deve avaliar para conseguir acertar no modelo de gerador que melhor vai corresponder às suas necessidades.  Confira!

Gerador carenado e gerador silenciado: quais as diferenças entre eles?

A carenagem dos grupos geradores é a estrutura metálica retangular semelhante às vistas em containers, que reveste toda a parte externa do equipamento. Tem como principal objetivo proteger a região interna do gerador (grupo motor gerador – GMG) caso seja instalado em áreas externas sem cobertura.

Dessa forma, o equipamento estará assegurado de raios solares, chuvas, ventos, entre outros agentes externos que possam prejudicar seu funcionamento. Já o chassi do gerador pode ou não ter isolamento acústico.

O gerador silenciado tem toda região interna coberto com espuma termoacústica para reduzir os ruídos produzidos pelo motor do gerador. Também existe o gerador super-silenciado, em que as aberturas de entrada e saída de ar contém revestimento reforçado nos tetos e paredes da carenagem.

Mas, atenção! Todo gerador silenciado é carenado, mas nem todo gerador carenado possui redutor de barulho.

Após a leitura deste texto, esperamos ter tirado suas principais dúvidas a respeito do grupo gerador. Agora é só pesquisar com mais detalhes sobre a potência ideal do equipamento, tipo de combustível e jornada de trabalho e fazer seu dimensionamento correto.

Agora que você já sabe como escolher o grupo gerador ideal para sua necessidade, que tal conhecer o nosso catálogo?

Aqui na DCML, você vai encontrar os Grupos Geradores Cummins, referência mundial em solução e sistema de geração de energia elétrica. Acesse agora mesmo o nosso site e veja os modelos disponíveis!

Mais para explorar