Manutenção em geradores: qual é a melhor forma de fazê-la?

manutenção de geradores

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

No setor industrial, os geradores são habilitados para fornecer energia durante apagões ou quedas de eletricidade.

Eles também são utilizados em situações onde as condições de iluminação de trabalho são muito baixas.

E para garantir um melhor desempenho do equipamento, a manutenção em geradores deve acontecer de maneira regular.

Por ser considerado um equipamento complexo, ele necessita de um profissional devidamente capacitado para operá-lo nas mais diversas condições.

Neste texto, vamos entender melhor a importância de fazer uma manutenção em geradores de maneira preventiva e quais cuidados o operador deve ter em mente durante o processo.

Como realizar uma manutenção eficiente em geradores?

O gerador de energia é considerado uma máquina simples, de estrutura com poucas partes móveis e componentes sensíveis e requer cuidados especiais.

Existem máquinas que necessitam de reparos diários, enquanto outras somente após 250 à 500 horas de funcionamento.

O profissional habilitado e responsável pela operação e armazenamento do equipamento deve determinar os intervalos de tempo necessário para o trabalho.

É importante ele observar a capacidade de produção e armazenamento de energia.

Outro fator a ser considerado é a de que o profissional responsável por este procedimento sempre siga as normas estabelecidas pelo fabricante.

Isso porque, caso a manutenção deste equipamento seja mal executada, a garantia pode ser anulada, além de comprometer o desempenho tanto do gerador quanto o maquinário.

Quais problemas podem acontecer com a falta de manutenção em geradores?

Há 6 problemas principais que podem ocorrer caso o gerador de energia elétrica não esteja com a manutenção em dia.

Cada um deles, pode trazer desconforto e um custo alto para a empresa. Listamos abaixo os principais.

  1. Mancais excêntricos: Podem sofrer deslocamento caso não operem de maneira regular;
  2. Rotor não centrado dentro do estator: Estão vulneráveis a sofrerem desgaste causado por aquecimento entre as dilatações da parte inferior e superior devido à corrente rotórica do motor;
  3. Barras da gaiola trincadas ou quebradas: Para uma melhor análise, é necessário um eletricista para acessar os painéis elétricos e suas medições;
  4. Ventoinhas quebradas ou defeituosas: O sistema de ventilação é responsável por regular a temperatura do gerador. O ideal é verificar constantemente o estado de conservação das peças;
  5. Falhas no material isolante: É importante checar as condições da superfície onde o equipamento será armazenado (presença de material corrosivo, poeira, entre outros.)
  6. Prejudicar o fornecimento de energia para o maquinário

Checklist da manutenção de geradores

É importante que os operadores dos geradores estejam atentos à manutenção periódica. Para isso, confira esta checklist do que é preciso para garantir que a manutenção dos geradores seja bem executada diariamente!

  1. Cheque o estado de arrefecimento do motor;
  2. Verifique o nível de combustível;
  3. Observe se o óleo lubrificante é de boa qualidade analisando sua pureza e viscosidade;
  4. Fique atento aos níveis de ruído e vibração do gerador. Se observar alguma anormalidade, desligue e verifique o ocorrido;
  5. Realize a limpeza do filtro e caixa de ar, sobretudo quando os geradores estiverem operando em condições insalubres, como ambientes empoeirados.
  6. Mantenha o gerador armazenado em um local coberto e isento de substâncias corrosivas que possam prejudicar seu funcionamento;
  7. Caso haja vazamento de água ou óleo, faça a reparação devida antes de religar o motor;
  8. Para geradores que necessitam de manutenção após 250 horas de funcionamento: Verifique o nível de óleo do motor e do líquido de arrefecimento. Se estiver abaixo do limite, desligue o equipamento.

Com uma manutenção preventiva dos geradores, com certeza o maquinário terá uma vida útil prolongada. Este post foi útil pra você? Tem mais alguma dica pra dividir conosco? Deixe seu comentário em nosso blog!

Mais para explorar