Qual a importância de um gerador agrícola?

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O Brasil ocupa o terceiro lugar como maior exportador agrícola do mundo, colocando o agronegócio em posição de destaque no nosso país.

Tamanha produção também traz grandes responsabilidades: como não deixar a produção parar ou comprometer o armazenamento devido à falta de energia elétrica?

Continue a leitura para saber porque um gerador agrícola é fundamental para garantir a produtividade e evitar prejuízos:

 

Falhas no abastecimento da rede elétrica

Muitos produtores rurais ainda estão sujeitos à falhas de energia elétrica, o que significa um grande impacto na sua produção.

A avicultura, por exemplo, precisa de energia constante para manter a temperatura ideal dentro dos aviários. Caso contrário, isso pode significar a morte das aves e um grande prejuízo.

A produção leiteira também precisa de obedecer às normas de acondicionamento e isso implica em refrigeração adequada. Caso falte energia para os refrigeradores funcionarem, corre-se o risco de perder todo o leite.

O cultivo de grãos e cereais passa por diversas etapas que demandam energia: colheita, secagem, armazenamento e comercialização são algumas delas. Sem energia, os processos param e não é possível garantir a qualidade da produção.

 

Fenômenos naturais

A produção agrícola tem uma íntima correlação com o clima e o tempo. Chuva, sol e temperatura são fatores determinantes para o sucesso ou prejuízo do trabalho no campo.

Além de impactar na produção, períodos de chuva podem significar problemas na rede de abastecimento de energia, causada pela queda de árvores, postes ou raios.

A distância do campo também representa um obstáculo para manutenção da rede, o que pode significar horas ou até dias até que o fornecimento de energia possa ser reestabelecido.

 

Vantagens do gerador agrícola

 

  • Abastecimento ininterrupto

Com o gerador agrícola, mesmo que aconteça falha no fornecimento da concessionária ou problemas na rede que demandem manutenção, o gerador é imediatamente acionado e permite a continuidade da produção.

 

  • Economia

Além de atuar na manutenção do abastecimento de energia, o gerador agrícola pode até mesmo atuar como um suplemento em horários de pico ou aumento de demandas específicas dos processos de produção. Nesses casos, ao identificar tais períodos de aumento de consumo, a energia do gerador pode sair mais barata e representar uma economia de até 30% nos gastos.

 

  • Proteção de equipamentos

As constantes falhas de energia podem causar diversos problemas ou até mesmo fazer com que as máquinas parem de funcionar. Ainda mais em tempos que a tecnologia vem sendo cada vez mais usada! O gerador garante a vida útil de equipamentos, desde refrigeradores e climatizadores até mesmo os computadores.

 

  • Garantia da produção

Como todas as etapas da produção envolvem de alguma forma o uso da energia, o gerador agrícola proporciona que ela não seja interrompida e que entregas e logística não sejam comprometidas.

 

Para escolher o gerador agrícola ideal, é preciso saber exatamente qual o modelo vai atender melhor às especificidades de cada produção. Isso evita adquirir um exemplar aquém das necessidades ou mesmo um gerador com uma robustez maior do que a necessária.

Por isso, o primeiro passo para uma aquisição acertada é procurar por empresas com qualificação, experiência de mercado e que disponibilizem consultoria com especialistas de excelência!

 

Você é produtor agrícola e enfrenta problemas com abastecimento de energia? Conte pra gente nos comentários!

Mais para explorar